domingo, 28 de setembro de 2008

O tempo da tua ausência


Queria que o vento levasse as minhas palavras,
que elas atravessassem o mar do silêncio
e pudessem ecoar nos búzios adormecidos da tua praia.
Mas o céu há muito que se despiu e os moinhos pararam no tempo.
Nem a mais leve brisa poderá transportar esta saudade.
Imagino-te a ver o mesmo horizonte que eu,
mas até as estrelas que brilham no teu firmamento são diferentes das minhas.
Só o Sol e este oceano poderemos partilhar.
Estarás na praia, onde a onda desmaia?
Este ritmo das marés assemelha-se ao pulsar desconcertante das minhas emoções.
Este tempo da tua ausência...
Tudo o que tenho é a soma das recordações e sonhos
e esta imensidade que nos separa.
CarlaSofia

(amigos, desculpem a nostalgia)

18 comentários:

C. disse...

Lindo. Adorei.

*

Fernando Santos (Chana) disse...

Bela fotografia...Excelênte texto...

NOCTURNO disse...

Gestos e imagens, recordações de uma ausência... por vezes dor... por vezes um sorriso... de algo que vive dentro de nós.

Beijo nocturno

Pelos caminhos da vida. disse...

Amei.

Obrigada pela visita.
Volte sempre,serás bem vinda.
Um gde abraço.
Te adicionei amiga.

beijooo.

Vivian disse...

...mesmo cantando as dores de amor, não deixamos de fazer poesia...



tal qual você fez aqui neste post!

bjs, linda!

em azul disse...

Tocou-me... como se as palavras fossem as que queria dizer hoje. Andei a enviar recados pelo vento... em folhas de plátanos.

Um beijo
em azul

Coragem disse...

Querida Carla
Estás completamente desculpada :)

Apesar da nostalgia, foi tão bonito o texto que nos deixaste para que possamos partilhar, este momento contigo.

Há momentos assim, mas espero, que na memória fique o melhor...

Beijinho

JOSÉ NEVES disse...

Bem nostálgico este teu texto e fabulosamente acompanhado por uma excelente imagem a P&B.

Sinceros parabéns.

Hugo Gomes disse...

Um texto muito lindo como sempre acompanhado de uma bela imagem que liga muito bem o p&b deu-lhe ainda mais intensidade.
Bjs

paulofski disse...

Bonitas palavras. A nostalgia é parte de nós.

beijo

Só Eu disse...

Desculpas para quê?
A melancolia, muitas vezes, acende a nossa veia de escritores de versos.
Texto lindissimo. Muito semtido. Adorei.
Parabens e beijinhos

instantes e momentos disse...

lindo com sempre. Gosto de voltar aqui,
Maurizio

Safira disse...

Nostalgia e melancolia fazem parte do nosso universo. Há dias assim, a preto e branco ou sépia, como velhas fotografias.
E tu soubeste captar toda essa essencia com as tuas palavras doces.
A foto é a cereja no bolo. Lindíssimo, o todo.
Beijo grande

ZezinhoMota disse...

Sublime!

Amei o que li e o que vi...

ZezinhoMota

João Videira Santos disse...

"...tudo o que tenho é a soma das recordações e sonhos
e esta imensidade que nos separa...n'o tempo da tua ausência..." - com as suas palavras o meu apreço. Gostei.

Kleine Hexe disse...

Olá querida venho só dizer que tenho andado sem net...dai a minha ausência. Beijinhos MIL =)

Cátia disse...

olá,
quer o texto, quer a fotografia estão lindissimos!gostei muito
beijinhos muito muito grandes

Nuno de Sousa disse...

Bem então tens aqui belas fotos tais como este exemplo, um talento na escrita e na fotografia, devias abrir até galerias, mostrares o teus trabalhos e quem sabe entrares no mundo da fotografia.
Se me autorizares, gostaria de te adicionar juntos dos blogs que gostaria de estar atento.
Bjs e parabéns,
Nuno

Um Anjo disse-me:
A nossa Fé dá-nos a força que precisamos quando tudo parece impossível.
As fotos deste blog são de minha autoria, à excepção das que são oferecidas pelos meus amigos. Todas estão devidamente identificadas.

Seguidores

Arquivo dos Universos

universos criados por aqui...