quarta-feira, 8 de outubro de 2008

Pequenos Gestos de Amor

Não nos devemos coibir de praticar pequenos gestos de amor sempre que o nosso coração nos diga para o fazer. Os nossos actos de carinho não devem ser limitados pelo olhar e incompreensão alheias.
Qualquer atitude de afecto é, em todo o caso, a atitude correcta e preferível, se for essa que verdadeiramente sentimos querer fazer.
Considero também que devemos ser livres nesses pequenos actos, isto é, fazê-los de livre vontade. O que significará que cada gesto de amor é, por essência, um gesto sincero.
Todo e qualquer gesto de amor contribuirá para um bem maior, um bem que não está apenas centrado no eu individual, mas que nasce de uma partilha, promovendo uma amplitude de energia global e positiva.
O efeito de um pequeno gesto de amor poderá não ser perceptível no momento, mas desencadeará certamente uma mecânica e sucessão de acontecimentos significativos.
O seu alcance é infinitamente bom, pois nesse gesto foi depositado a energia do amor.
CarlaSofia

13 comentários:

Coragem disse...

Pequenos, grandes gestos, são o de amor.

Concordo a 100%., com o teu texto, eu sou mulher que exprime com gestos o amor que sente, tenho vontade, faço-o, hoje com um beijo, amanhã com um presente, depois com uma surpresa qq.
Mas sabes, nem sempre é aceite do mesmo modo, por toda a gente.
Quem assim é, sente muito mais forte a ingratidão, mesmo nada se esperando, um sorriso, por vezes, no minimo, caía bem...

Um beijo menina linda

Pelos caminhos da vida. disse...

Valorizo muito os pequenos gestos,e procuro fazer o mesmo,independente do que está por vir.

Boa noite.

beijooo.

NOCTURNO disse...

Um pequeno gesto é essencial para sentirmos como é infinito o que temos dentro de nós.

Beijo nocturno

Kleine Hexe disse...

Um Laço por um Abraço? Ou um abraço por um Laço?

Maravlhoso Post =)

Deusa Odoyá disse...

Olá minha nova amiga.

Os gestos de amor são sempre bem vindos a quem os recebe.
As ao darmos as pessoas erradas, nos enganamos, mas nosso coração está feliz.
Deu o que sua alma pediu para dar.
beijos e muitos barços e gestos de amor e paz.

Regina Coeli.

Te aguardo em meu cantinho.

Vim através do blog do nocturno.

Multiolhares disse...

Dar amor deveria estar em primeiro lugar,sem pensarmos no que os outros possam pensar ou dizer.
beijinhos

Só Eu disse...

E, afinal, um grande gesto é sempre o somatório de pequenos gestos. Estou totalmente de acordo contigo.
Tens um blogue muito simpático e bonito. Parabéns
Beijinhos

O Profeta disse...

Um pequeno gesto pode mudar...tudo...



Doce beijo

Gata Verde disse...

Não podia estar mais de acordo...

beijocas

Pelos caminhos da vida. disse...

Ganhei vários selinhos e,hoje começei a repassar pra vcs.
Respeito as pessoas que não gostam,mas assim como mereci,meus amigos tb merecem.

O seu está lá no outro blog meu te esperando.

beijooo.

janelasdavida disse...

Lindo texto! Me fez lembrar de um filme muito legal: "A corrente do bem"! Já assistiu?
Relata a iniciativa de Trevor (criança de uns 10 anos), um aluno que elabora uma espécie de corrente do bem: a pessoa, ao receber um favor, deveria pagá-lo a mais três outras pessoas, que deveriam fazer o mesmo sucessivamente... Assista, vale a pena!

Um grande abraço, querida!

Pedro Barata disse...

Concordo contigo!!!

Gostei do teu blog. Virei visitar-te mais vezes!
Se quiseres visitar-me também: www.aquelebagacinho.blogspot.com

Bjinhos

nas asas de um anjo disse...

adorei as tuas palavras e subscrevo-as!(",)

baba nam kevalam = o amor é a origem do universo

Um Anjo disse-me:
A nossa Fé dá-nos a força que precisamos quando tudo parece impossível.
As fotos deste blog são de minha autoria, à excepção das que são oferecidas pelos meus amigos. Todas estão devidamente identificadas.

Seguidores

Arquivo dos Universos

universos criados por aqui...