quarta-feira, 23 de junho de 2010

Arquitectura do Mar



Mar generoso, cheio de vida,
liberta pedaços de si mesmo em pequenas obras de arte.

18 comentários:

... disse...

O mar e todos os sentimentos que transmite assemelham-se a muitas das sensações que os teus post's nos transmitem um após o outro.

Bjo Doce,
Fatima

b ú z i o / tribal sea disse...

ADORO!!!
este post é linda, pura poesia só por si...a natureza, bela, do mar.
bj grnd em ti, strunfinha :)

Chica disse...

Lindo e sabes apreciar cada pedacinho da natureza...beijos,chica

alegria de viver disse...

Querida

Meu Deus que lindas fotos. O mar é sim muito generoso.

Com muito carinho BJS.

walter disse...

Como sempre... belas fotos emoldurando bonitos pensamentos!

Um beijo

lis disse...

Belíssima arquitetura Carla.Sem igual.
abraços

Armindo C. Alves disse...

Para lá de uma enorme beleza, o mar é também confidente de amores e desamores.
Nas tuas bonitas fotos, aparece também como generoso. De facto as suas entranhas albergam um surpreendente mundo que pouco a pouco vái revelando.

Beijo.

Fernando Santos (Chana) disse...

Belas fotografias...bela Natureza...Espectacular....
Beijos

Sunshine disse...

A minha mãe colecciona conchas e faz com eles lindos quadros.
É tão bom apreciar estas dádivas com que a natureza nos presenteia.
Além de lilbertar "pedaços de si mesmo em pequenas obras de arte", sinto que nele me liberto e me "lavo" daquilo que por vezes me consome.
beijinhos com raios de sol

Lilá(s) disse...

"Obras de arte" que nos encantam.
Bjs

alfa disse...

Fotos maravilhosas "Universos Questionáveis" de um mar cheio de vida.Lindo.bjs

Paula disse...

Procuro-te nos passos que dou pela praia imensa
Para lá das ondas que me agitam a alma
Nas lágrimas teimosas que do meu fogo caem
Na tarde serena de chuva calma
Procuro-te no misterioso nevoeiro cerrado
Na espuma branca da água salgada
Na agitação das vagas que me alagam os pés
Na torrente de desejo desenfreada
Procuro-te por entre os meus dedos
Na fortaleza singela do meu abraço em segredo
Em cada interstício do meu corpo
No tormento atroz do meu inevitável degredo...

No mar encontram-se sinais de vida intensos e mensagens de esperança...é só estar atento!

ParadoXos disse...

fizeste poesia com o sal da vida!

beijos

heduardo

ZEKARLOS disse...

Boas fotos e como sempre, excelente mensagem.
Bjs
ZEKARLOS

tossan® disse...

Pena que o homem está destruindo no passar do tempo. Você sabia que nas praias de Santos já não existe mais estas preciosidades. Fotos magníficas! Beijo

Hellag disse...

a Mãe Terra dá-nos coisas tão lindas!!!e nós tantas vezes andamos distraídos e só estragamos! estão umas belíssimas composições :)

cris belier disse...

Eu adoro o mar... é quase um fascínio! E você ao me lembrar das pequenas jóias que o mar expele, abacei de lembrar... até o homem por quem me apaixonei tem o nome com características de mar..."Vela" rs...bj
Carpe diem!

Sofá Amarelo disse...

Haverá melhor arquitecto que as ondas do mar que deslizam nas areias finas e que desenham contornos de tempos e de formas?

Um Anjo disse-me:
A nossa Fé dá-nos a força que precisamos quando tudo parece impossível.
As fotos deste blog são de minha autoria, à excepção das que são oferecidas pelos meus amigos. Todas estão devidamente identificadas.

Seguidores

Arquivo dos Universos

universos criados por aqui...