sábado, 15 de agosto de 2009

O Jardim da Alma









A alma pisa cada pedra lapidada dos caminhos circulares da vida.
Parecem mais fáceis de trilhar e no entanto, descobre que o ponto de chegada coincide com o da partida.











Porque insiste em fazer o mesmo percurso vezes sem conta e que não a leva a lado algum?









Por vezes, a alma sente-se como uma árvore despida, cuja folhagem caiu, deixando-a à mercê das intempéries, confiando apenas na força das suas raízes... São as máscaras que por fim caem sobre terra...











E então, a alma tem uma sede insaciável de VIVER!










Libertar-se das amarras, fios e teias...
e espreitar o mundo como se pela primeira vez...














Porque na sua essência, a alma é ainda muito jovem e uma eterna aprendiz.









Quando a alma se sentir acompanhada na sua viagem, talvez possa sossegar as águas da emoção.














O jardim renascerá mais uma vez em todo o seu esplendor...

*
CarlaSofia

22 comentários:

walter disse...

Os caminhos da alma, percorridos pelos trilhos da poesia, na inquietante busca do indecifrável mistério que é a vida...

Mais uma vez, um belissimo texto, de uma alma inspirada...
Parabéns!

entremares disse...

É suave... este renascer constante do teu jardim. Talvez seja da água, em perpétua mudança, talvez seja do verde das árvores, em tonalidades tão fugazes... ou até talvez seja só a alma, essa coisa tão frágil, tão perto e tão longe da ponta dos dedos.

Sinceramente, não sei...
Mas é sereno, o teu jardim.

Um óptimo fim de semana...
Rolando

A.S. disse...

Carla Sofia...

Um belo texto poético e filosófico que revela a tua alma doce e sensivel!...
Adorei!


Beijos...

bemviver disse...

Olá amiga
Sua alma é linda, e segue um caminho dos mais belos, o da emoção do coração o amor.
Receba meu carinho BJS.

☆Fanny☆ disse...

"O Jardim da Alma"... que lindo!

E a vida é um constante recomeço... depois das quedas, ficam as liçõea vida e é então que o jardim renascerá esplendoroso com a primavera de um novo alento.

Assim sou eu... renasço em cada queda e volto a cultivar a poesia da minha alma.

Obrigada, amiga. Foi bom sentir o teu apoio...mesmo na distância.

Um abraço de arco-íris*

Fanny

JR disse...

A ideia é interessante, as fotos acompanham bem o sentimento.
Parabéns.
JR

AFRICA EM POESIA disse...

Gostei de passar por aqui...
beijo

Paula disse...

Lindo o texto e as fotos que o acompanham...ver com a alma é estar constantemente a renascer...
Abraço

Eliane Santoro da Costa disse...

Lindas imagens e lindos texto!
A alma está sempre aprendendo,recomeçando do nada,florescendo mais uma vez na tentativa de ser feliz.

Muita luz!

©tossan disse...

Carla, aqui eu sonho com as fotos e a tua especial escrita. Gosto muito! Um beijo que atravessou o oceano.

http://olhares.com/tossan55

Angel of Light disse...

Muito bonito querida maninha!

Espero que estejas melhor.

Deixo-te beijinhos de Amor e Luz salpicados de cores bem alegres.

Multiolhares disse...

Adorei este teu poste, uma sintonia perfeita entre as belíssimas fotos e as sábias palavras.
beijinhos

Mais um Lugar de Mim disse...

Só uma alma que se entrega à humildade da constante prendizagem, encontra nos novos caminhos as suas maiores oportunidades de crescimento.
Parabéns pelo texto e, mais uma vez, pelas excelentes fotografias.
Beijinho e boa semana.

Fernando Santos (Chana) disse...

Olá Carla, belas fotografias acompanhadas de um belo texto...Espectacular....
Beijos

K disse...

Food for thought... as tuas palavras e as tuas fotos... aqui tens uma absolutamente divinal!

Bj

Kleine Hexe disse...

Belo Carla =)

Chamo-lhe desatar os Nós!

Beijinhos do Porto de Abrigo.

Me permita disse...

Lindo, Sofia! São as imagens que escolhem as palavras ou as palavras que lêem as imagens?! Perfeito o texto, perfeitas as imagens!

Como estás? Como está tua linda alma? Tenho um carinho por ti! Um bjo, além mar!

ZEKARLOS disse...

Simples e com enorme sentido, como sempre nas tuas palavras e muito bem ilustradas.

Bjs
ZEKARLOS

Nilson Barcelli disse...

Gostei das tuas palavras e das fotos.
Que as tuas águas da emoção andem sossegadas...
Querida amiga, um beijo.

Nuno de Sousa disse...

Lindo.... que maravilha as palavras a complementar as belíssimas fotos, perfeito...
Bjs

Gaivotadourada22 disse...

Profundamente reflexivo, sensível, e sábio... Um ensinamento de ouro que vem na essência das palavras e na sutileza maravilhosa das imagens... Meu coração agradecido te aplaude Poetisa! Beijos Carla!

prAia em Mim disse...

querida, a minha alma anda em ventos de mudança, na ânsia de viver e fazer-se tempo, de eternidade...acho que estes posts maravilhosos têm alguma culpa, ou serão as nossas risadas?hehehe

é uma maravilha estar no teu cantinho de sabedoria!

bj grnd, namaste

Um Anjo disse-me:
A nossa Fé dá-nos a força que precisamos quando tudo parece impossível.
As fotos deste blog são de minha autoria, à excepção das que são oferecidas pelos meus amigos. Todas estão devidamente identificadas.

Seguidores

Arquivo dos Universos

universos criados por aqui...