domingo, 9 de agosto de 2009

Ventos de Mudança




Soltam-se as vozes dos deuses e o som propaga-se pela encosta, descendo até nós...
Nesse momento percebemos que estamos a ser tocados pelos Ventos da Mudança...










Desprendem-se fagulhas douradas que alcançando os céus se juntam umas às outras numa dança cósmica em torno do planeta.
Quando a noite chegar, algumas dessas sementes mergulharão no abismo... tornando-se as estrelas cadentes dos sonhadores...











Procuramos nos olhos um do outro, um conforto, uma resposta... Este vento traz uma mensagem que ainda não sabemos decifrar.










Mas o vento continua a soprar... a mudança não tardará a chegar.
Então continuamos o nosso caminho, lado a lado, olhando em frente...




«A cada segundo começa para nós uma vida nova.»
*
CarlaSofia

30 comentários:

Chica disse...

Maravilha de texto,carla! É tão bom saqber que sempre é tempo de mudar e logo, recomeçar...beijos,chica

prAia em Mim disse...

que MARAVILHOSO, amiga...escutar este som...contemplar estas tuas imagens tão bem fotografadas...e fluir na mensagem que nos transmites...de facto, o devir cósmico é transmutação! e eu preciso de acreditar que os ventos de mudança são para melhor e, quando desacreditar, venho até este post para sorrir e te agradecer.

bj grnd luz e paz
(já melhor da febre)

K disse...

Observo cada uma das fotos e sinto a brisa a passar pela face... sinto o vento de mudança há muito tempo... mas o último ano é claramente o mais intenso nessa mudança...

Bj

Zabour disse...

Acho que esses ventos de mudança também andam a soprar para os meus lados, só não sei se para melhor:O(

Beijinhos

Paula disse...

Lindos textos, maravilhosas fotos sobre a natureza. Parabéns!
Abraço

bemviver disse...

Que bela postagem, o vento sempre traz uma mensagem, feliz daqueles que entendem e escutam o seu cantar.
Receba meu carinho BJS.

Fernando Santos (Chana) disse...

Olá Carla, belas fotografias...Belo texto...Excelente....
Beijos

Sunshine disse...

Excelente combinação de texto e fotos.
Por aqui também sopram ventos de mudança, num sentido que só agora comecei a aperceber-me.
beijinhos com raios de sol

©tossan disse...

Carla, tu és poetsa das letras e das imagens...É, me fez viajar nessas imagens e letras.
Eu participo de um blog coletivo em que homenagiamos a quem gostamos. Posso postar esta? Beijo e aguardo

Sereia Azul* disse...

É tão bom sentir a renovação da vida!
Às vezes andamos distraídos e não percebemos os ventos da mudança. Não vemos a dança das estrelas, não captamos a melodia do Universo...

Que lindo post impregnado de esperança e beleza interior!

Uma brisa de ternura do meu mar...

Estrela d'Alva disse...

Olá Carla Sofia,

Vim apenas agradeçer o teu comentário no meu blogue e mandar um beijinho =)
Estrela d'Alva

walter disse...

Fechei o olhar...deixando que a brisa, fresca e melodiosa, em meus poros penetrasse, renovando-me os
sentidos...para deleite da minha Alma, que agora, mais serena, melhor escuta e entende a sábia cantilena do vento errante...

Parabéns Carla!
Excelente texto, fotos e música

Walter

Gata Verde disse...

LINDO!!!
Gostei imenso...parabéns!
;)

ZEKARLOS disse...

Mais um momento tranquilo, lindo e de paz, patrocinado por ti. Bjs grandes.

Vento disse...

Olá Carla

gosto do que escreves, aliás já sou visita por aqui há algum tempo.

beijo

Gilmara S. disse...

Eiii. Mto massa seu blog! Se der me adiciona aí! Valeu! Bjs!

Canduxa disse...

Querida Amiga,

Os ventos da mudança sopram todos os dias e quando decidimos deixar -nos tocar por eles toda a nossa vida se transforma como por magia. No início é a incerteza, mas dependendo do nosso desejo tudo vai acontecendo como está planeado.
Um lindo post, com uma linda mensagem. Adorei!
Ainda não li o Faquir e como não tarda vou de férias, talvez seja altura de o ler.
Obrigado pela dica...certamente vou gostar.
Um grande beijinho com muita luz

EDUARDO POISL disse...

De tudo ficaram três coisas...
A certeza de que estamos começando...
A certeza de que é preciso continuar...
A certeza de que podemos ser interrompidos
antes de terminar...
Façamos da interrupção um caminho novo...
Da queda, um passo de dança...
Do medo, uma escada...
Do sonho, uma ponte...
Da procura, um encontro!

Fernando Sabino

Hoje passei pra deixar um poema para refletir e desejar uma semana linda com muito amor e carinho.
Abraços.

Derfel disse...

Querida CarlaSofia

Realmente, os "Ventos da Mudança" inexoravelmente nos alcançam, e transportam para mais além...

Adorei a imagem das "fagulhas douradas que alcançando os céus se juntam umas às outras numa dança cósmica em torno do planeta"; está simplesmente lindo... até se conseguem ver, bailando e brilhando.

Já não olharei o céu da mesma forma.
:)
Lindo mesmo!

Jinhos de Paz e LUZ
White_Derfel

Multiolhares disse...

As mudanças acontecem a cada instante, mas é bom quando nos encontramos preparados e temos alguém
ao nosso lado para caminhar
beijinhos

Pedro Antônio disse...

Com certeza, Carlinha!

Aliás, precisamos deixar marcas (e bastante positivas) nas vidas das pessoas!

Lindas imagens, lindos textos! :)

Beijooooooo.

Pedro Antônio

Edison Baraçal disse...

Oi Carla, vim através do blog do Tossan meu amigo de Santos. Ele tem razão as tuas fotos são ótimas e o texto idem. Parabéns viu? Abraços

Angel of Light disse...

Querida maninha!

A mudança é essencial nas nossas vidas... o começar de novo, do zero... nas brisas suaves de um vento que pinta um céu bem dourado!

Gostei muito do post e sei bem o seu significado. Adorei as fotos.

Beijinhos de Amor e Luz embrulhados em Harmonia e Paz!

Maria Emília disse...

Cada momento é um momento novo e irrepetível é preciso estar atento para que o vento não o leve.
Um beijinho,
Maria Emília

*Adriana* disse...

Olá, lindas fotos! Adorei seu blog!

Abçs e ótimo fim de semana
Adriana

Nilson Barcelli disse...

Magnífico texto querida amiga.
Bem acompanhado por belas fotos.
A mudança é um estado necessário, sem o qual até o ar apodrece...
Bom fim de semana, beijo.

Eliane Santoro da Costa disse...

Olá Carla!
Texto muito interessante!
Que estejamos preparados para as mudanças que hão de vir!

Muita luz!

EDUARDO POISL disse...

Ninguém tem culpa
Daquilo que não fomos
Não ouve erros

Nem cálculos falhados

Sobre a estipe de papel;
Apenas não somos os calculistas
Porem os calculados

Não somos os desenhistas
Mas os desenhados
E muito menos escrevemos versos
E sim somos escritos

Ninguém é culpado de nada
Neste estranhar constante
Ao longe uma chuva fina
Molha aquilo que não fomos...

Autor: Desconhecido
Um lindo final de semana com todo carinho para você.
Abraços

Hugo Gomes disse...

Belo jardim ficou lindo.
Um texto lindo como sempre.
Bjs

Sababoy disse...

I don't know how I can start again singing your most vernally smile and paint you as souvenir in frame of picture in corner of my hearts shell.

Um Anjo disse-me:
A nossa Fé dá-nos a força que precisamos quando tudo parece impossível.
As fotos deste blog são de minha autoria, à excepção das que são oferecidas pelos meus amigos. Todas estão devidamente identificadas.

Seguidores

Arquivo dos Universos

universos criados por aqui...