quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Borboleta Nocturna


Pequena borboleta da noite que se esconde na sombra da Lua.
Asas de seda num corpo frágil.
Alma infinita em constante metamorfose.


11 comentários:

Chica disse...

Como nós...sempre mudando, de preferência crescendo em sabedoria...beijos,chica

Armindo C. Alves disse...

Muito bonita. Penso tratar-sede uma EPHESIA FULMINEA de asa inferior encarnada.
Novo visual,cada vez mais wild e a meu gosto. Parabéns, Carla.

Beijo.

Vivian disse...

...aqui a chamamos de 'mariposa'.

tão linda quanto qqr outra espécie,
não é?

bj, Carlinha!

Hellag disse...

e que simetria das suas asas :)

ZEKARLOS disse...

Que maravilha de imagem, é bom mudar, crescemos.

Bjinho
ZEKARLOS

alegria de viver disse...

Olá querida

Sua pureza está especificada nesta definição, alma infinita em constante metamorfose.

Com muito carinho BJS.

lis disse...

Linda Carla e o reflexo ficou perfeito.
abraços

A.S. disse...

As suas fágeis asas, desenham voos imprevisiveis, numa quase sempre fatal atracção pelo fascinio de uma luz...

Beijos...
AL

Lilá(s) disse...

Perfeita! será que ela fez pose?
Bjs

Fernando Santos (Chana) disse...

Olá Carla, bela fotografia de linda borboleta...Espectacular....
Cumprimentos

Braulio Pereira disse...

linda


amei


beijos!!

Um Anjo disse-me:
A nossa Fé dá-nos a força que precisamos quando tudo parece impossível.
As fotos deste blog são de minha autoria, à excepção das que são oferecidas pelos meus amigos. Todas estão devidamente identificadas.

Seguidores

Arquivo dos Universos

universos criados por aqui...