quinta-feira, 23 de setembro de 2010

O Lugar da Transmutação


Na cadência do dia, em prenúncio de Outono e por entre os choupos solitários, solta-se um bando de garças em pleno voo de liberdade, cruzando os verdes campos de arroz. A meu redor, apenas a quietude das folhas que se soltam, em espiral, adormecendo no chão de cor quente. O silêncio é amplo e profundo, quebrado de vez em quando pelo coaxar das rãs. E sempre que aqui estou, há uma parte de mim que morre. Os meus pensamentos viciados, são escritos nos detalhes dos troncos, os meus sonhos inacabados, lançados às copas das árvores e as minhas decepções mergulhadas nas águas escuras e densas de onde nascem as sementes do arroz...
É sem dúvida o meu lugar perfeito para transmutar...
Carla Sofia

12 comentários:

Lilah disse...

Carla Sofia

Estar aqui é vibrar.
Vibrar com as cores, com as palavras.
Trasmutar alguma coisa que nem sequer desconfiamos.
Estar aqui é vibrar em sintonia com Deus.

Adoro estar neste portal mágico!

Chica disse...

Que paz que transmites aqui!Coisa boa!

Linda nova estação pra ti!

beijos,tudo de bom,chica

Fatima disse...

Incrivelmente belo o teu espaço,as tuas palavras desnudam-nos a alma e as fotos? bem estas são fantásticas.

Bjo
Fatima

Nilson Barcelli disse...

Querida amiga Carla Sofia, já há algum tempo que não te visitava, mas vejo que continuas a escrever excelentes textos.
Bom fim de semana.
Beijos.

Uma boa parte de mim disse...

E o Outono, que nos reconduz ao casulo, é em si mesmo o pronúncio da vida a transmutar.
A fotografia deste novo header é de cortar a respiração :)
Beijinho e boa semana

Armindo C. Alves disse...

Quando o silêncio fala mais alto que a voz, há algo que desperta em nossos sentidos. O mundo adquire novas cores e a vida volta a fazer sentido.

Beijos.

Safira disse...

Já não passava aqui ha um tempinho. Ainda não tinha visto o teu cabeçalho novo. Muito fixe :)

Saio daqui convencida de que tenho de investir numa máquinha com um zoom decente, cheia de inveja que estou dos teus insectos dos posts lá mais para trás. A parte do talento para os apanhar...bom, depois logo penso nisso ;)

Beijinhos

Lilá(s) disse...

Tal como o descreves e se vê na imagem, é um lugar óptimo para qualquer estação do ano, quem me dera um refúgio assim...
Bjs

Fernando Santos (Chana) disse...

Olá, bela fotografia...belo texto...Espectacular....
Cumprimentos

lis disse...

Um sonho esse silencio profundo que dizes.
também gostaria!
Maravilhoso pra transmutação em todos os sentidos.
beijinhos

☆Fanny☆ disse...

É muito bom chegar-me às tuas palavras e respirar as brisas perfumadas que se soltam dessa tua alma linda!
Vou deixar-me ficar por aqui e sorver a beleza das fotos que me transportam para esses lugares mágicos que os teus olhos nos oferecem.

Beijinho e um abraço de luz*
Fanny

Gaivotadourada22 disse...

... E toda a transmutação é sempre RADIANTE!!! Lindo tudo por aqui!!!
Abraços, Poetisa!

Um Anjo disse-me:
A nossa Fé dá-nos a força que precisamos quando tudo parece impossível.
As fotos deste blog são de minha autoria, à excepção das que são oferecidas pelos meus amigos. Todas estão devidamente identificadas.

Seguidores

Arquivo dos Universos

universos criados por aqui...